23 janeiro 2011

Nossa identidade em Cristo - Princípios Básicos


Temos uma nova identidade em Cristo


10  Vocês estão vivendo uma espécie de vida totalmente nova, que consiste em estar continuamente aprendendo cada vez mais o que é correto, e procurando constantemente ser cada vez mais semelhante a Cristo, que criou esta vida nova no intimo de vocês. 11  Nesta vida nova não importa a nacionalidade, a raça, a educação ou a posição social de alguém; estas coisas não significam nada. O que importa é se a pessoa tem Cristo ou não, e Ele é igualmente acessível a todos. Col 3:10,11 

1.    Quando nós decidimos confiar nele e entregar a ele nossas vidas, Cristo criou em nós uma nova natureza, inclinada para Deus.
2.    Como decorrência dessa nova natureza, vivemos um nova vida na qual estamos aprendendo como é essa nova natureza e a agir em conformidade com ela.
3.    A identidade dessa nova vida não depende de nacionalidade, raça, educação ou posição social. Nossa identidade esta apoiada naquilo que Cristo é em nós.

9  Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. 10  Antes vocês nem sequer eram povo, mas agora são povo de Deus; não haviam recebido misericórdia, mas agora a receberam.  1Pe 2:9,10

4.    Nossa identidade anterior era marcada por um relacionamento em que estávamos distantes de Deus: não tínhamos ligação com Ele, não nos considerávamos pertencentes a ele e não havíamos provado da sua misericórdia.
5.    Agora somos parte daqueles que foram eleitos por Deus. Fomos comprados por Deus (sua propriedade exclusiva), Fomos separados para Ele (santos) e feitos intercessores (sacerdotes) diante de Deus e anunciadores de tudo isso às outras pessoas.
6.    Essa nova identidade em Cristo, resultado da nova natureza que Deus criou em nós, nos garante que somos povo de Deus.

17  Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas! 18  Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, 19 ou seja, que Deus em Cristo estava reconciliando consigo o mundo, não lançando em conta os pecados dos homens, e nos confiou a mensagem da reconciliação. 2Co 5:17 

7.    Em Cristo, fomos feitos novas pessoas. Nossa condição de inimigos de Deus foi refeita. Deus providenciou em Jesus um meio de fazermos as pazes com Ele.
8.    As coisas antigas, que são características de quem é inimigo de Deus já passaram, não precisam mais fazer parte de nossa vidas. Temos agora uma nova identidade: não somos mais inimigos, mas amigos de Deus por meio de Cristo.
9.    Esta mudança é tão significativa que as Escritura afirmam que somos novas criaturas, uma nova criação. Portanto, não precisamos mais agir como inimigos.

·       Inimigos desconfiam – Amigos confiam;
·       Inimigos ficam distantes – Amigos tem prazer em andar juntos;
·       Inimigos não seguem o conselho – Amigos ouvem orientações;
·       Inimigos não esperam perdão – Amigos tem a esperança do perdão;
·       Inimigos não esperam graça – Amigos recebem presentes;
·       Inimigos ameaçam – Amigos se rendem.

Precisamos aprender esta nova identidade

2  Não imitem a conduta e os costumes deste mundo, mas seja, cada um, uma pessoa nova e diferente, mostrando uma sadia renovação em tudo quanto faz e pensa. E assim vocês aprenderão de experiência própria, como os caminhos de Deus realmente satisfazem a vocês. Rom 12:1,2

10.Esta nova identidade que temos em Cristo, como resultado da nova natureza inclinada para Deus que Ele fez nascer em nós, não se estabelece de forma imediata em nosso modo de viver.
11.No entanto, a reconciliação com Deus é imediata. Mediante  arrependimento e decisão de confiar sua vida a Cristo, a obra dele na Cruz e imediatamente aplicada a você: você é adotado na família de Deus.
12.É preciso aprender essa nova identidade (não aprender sobre ela). É como andar de bicicleta; é preciso aprender a andar, e não aprender sobre andar.
13.É preciso adquirir novos hábitos, nova maneira de agir e pensar... é preciso desaprender o medo, desaprender a ansiedade, desaprender a desconfiança... Este aprendizado acontece por experiência própria a cada decisão de fé.

Precisamos nos apropriar desta nova identidade

1  VEJAM COMO nosso Pai celestial nos ama tanto, pois Ele nos permite ser chamados seus filhos - meditem nisto - e realmente nós somos. Entretanto visto que tanta gente não conhece a Deus naturalmente não compreende que somos seus filhos. 2  Sim, queridos amigos, nós já somos filhos de Deus, agora mesmo, não podemos nem imaginar como vai ser mais tarde. Mas sabemos isto, que quando Ele vier nós seremos semelhantes a Ele, como resultado de O vermos como Ele realmente é. 3  E todo aquele que verdadeiramente crê nisto, procurará permanecer puro, porque Cristo é puro. 1Jo 3:1-3 

14.Se você arrependeu-se de tentar dirigir a própria vida e confiou a Jesus a direção do seu viver, então você foi adotado na família de Deus e você é um filho de Deus. Não deixe que ninguém ponha dúvidas em sua mente.
15.Não fique confuso com o fato de que você ainda não se vê semelhante a Jesus em tudo. O fato de você ainda não estar produzindo plenamente todos os frutos não pode roubar a sua identidade em Cristo.
16.Aproprie-se da convicção de que o mesmo Deus que começou a boa obra em você irá concluí-la. Um dia seremos semelhantes a Jesus, o primogênito dessa grande família de Deus.
17.Viva à luz dessa verdade. Viva conforme essa nova identidade que você recebeu em Cristo Jesus. Viva de acordo com Cristo, porque é assim que Deus o vê hoje, e é assim nós nos veremos quando Ele vier.
Postar um comentário