02 março 2006

Fruto do Espírito - Benignidade






Aristarco Coelho
Fortaleza - Ceará

Em meu pensamento, age ó Espírito
No meu coração, faze-me gentil
Cheio de bondade quero ser, Senhor
Benignidade, ao Teu dispor.

Faze-me amável em todo proceder
Com palavras brandas, doces prá ouvir
Com integridade, sim, quero viver.
Benignidade, sei que posso crer.

Não encontro aqui disposição pra o bem
Duro coração, seco da Verdade.
Mas Teu amor sem fim, suave e doce amor
Faz nascer o mim benignidade.
Postar um comentário