28 janeiro 2006

Um Pedaço do Céu

Aristarco Coelho - Março 2004

Quero ansiar por tua presença
Sentir o vazio real da minh’alma
Não quero consolo por um só momento
Ou ser iludido num breve prazer

Quero ansiar por tua palavra
Alegrar-me nela todos os dias
Não quero encher minha alma e mente
Com idéias, valores distantes de Ti.

Quero ansiar por estar com teu povo
Sentir cada irmão bem perto de mim
Não quero a tortura de ser rejeitado
Por gestos, palavras que zombam de ti.


Quero privar da tua presença
Ouvir teus conselhos de sabedoria
Viver com teu povo em grande alegria
Experimentar um pedaço do céu
Postar um comentário