03 julho 2011

Líderes que amam o dinheiro


Cuidado com aqueles que se dizem líderes e amam o dinheiro. Mais cedo ou mais tarde eles terão que decidir para que lado tocarão suas vida e esse amor os arrastará para longe dos amigos e de Deus; se você os estiver seguindo será arrastado junto com eles. Alguns desses líderes declaram abertamente seu amor pela riqueza e por esses você não será enganado. No entanto, outros manterão seu amor pelo dinheiro encoberto com motivos nobres; esses são os mais perigosos.

Líderes que amam o dinheiro podem ser adeptos e praticantes do pensamento de que os fins justificam os meios. O acúmulo de riqueza, então, é explicado pelas boas coisas que serão feitas com os bens amealhados. Assim, os amantes do dinheiro podem ser vistos como pessoas convictas, decidas e perseverantes, mas também inescrupulosos, sem ética, desumanos e desonestos em sua jornada pela acumulação. Para esses líderes o valor de alguém é medido por sua capacidade de tornar-se e manter-se rico.

Quem segue líderes dessa estirpe está sempre ouvindo um discurso desafiador de que "há muito mais a ser conquistado". Para justificar seu enriquecimento eles vendem a idéia de que essa jornada em direção ao topo está disponível para todos. Assim, encantados com a possíbilidade de se tornarem também ricas e prósperas, as pessoas em volta desses líderes afrouxam sua ética pessoal e se tornam incapazes de avaliar os irreparáveis prejuízos de suas jornadas rumo ao topo.
Postar um comentário