22 fevereiro 2006

Livre-se do Medo

Por Aristarco Coelho

Somos a geração do medo!

Crescemos vendo o medo estampado no rosto das pessoas e nos noticiários da TV. Temos medo de ser assaltados, medo dos acidentes de trânsito, medo da violência sem motivo, medo das incertezas, medo de não ter onde ganhar o pão de cada dia ...

O medo quase sempre nos cerca quando o desconhecido se avizinha. Talvez nosso maior medo seja da morte. São muitas as perguntas que preferimos não fazer: o que nos espera do outro lado? Qual é a sensação de morrer?

Medo e desconfiança andam de mãos dadas. Onde um deles aparece o outro está por perto. Temos medo pela falta de esperança em encontrar pessoas que busquem o nosso bem e tenham sobre nós bons pensamentos.

Em um dos livros da Bíblia, Deus afirma algo que é capaz de encher nossos corações de confiança Nele “ ... Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais” – Jeremias 29:11.


No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor. (I João 4;18)

Ora, se confiamos em um Deus todo poderoso que faz tal afirmação, podemos abrir mão dos nossos medos. Deus não faz afirmações levianas. Por isso podemos ter certeza que o Seu amor por nós é muito maior do que podemos imaginar.

Na verdade Ele já deu provas desse amor. Seu compromisso com você O levou a entregar seu próprio filho para sofre a penalidade que era sua. Há um texto na Bíblia que diz “ Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores” – Romanos 5:8.

Tenha certeza de que o medo não subsiste onde há confiança. E se há alguém digno de que confiemos nele, esse alguém é Jesus. Ele é a prova do perfeito amor de Deus por nós e onde há amor o medo é lançado fora. Lance fora seus medos, aproprie-se do amor de Deus.
Postar um comentário