28 fevereiro 2011

Igreja: o melhor de Deus?




Sou grato a Deus pelo privilégio de estar hoje à noite com os irmãos neste dia de festa e celebração a Deus pela história que tem sido escrita neste bairro através de suas vidas e das vidas daqueles que vieram antes de vocês.

São mais de trinta anos de perseverança em seguir ao Senhor. Certamente percalços e lutas fazem parte dessa história, mas também fazem parate as alegrias que Deus concede àqueles que saem chorando e semeando a semente.

Obrigado, Pr. Fernando, pelo convite e pela oportunidade de compartilhar a Palavra.

B

Ao ouvir do Pr. Fernando o tema proposto para estes dias, confesso que fiquei tentato a colocar um ponto de interrogação ao final da frase: igreja, o melhor de Deus?

Eu explico: é que a palavra igreja evoca tantos significados distintos daquele que se pretendia quando a palavra era usada no primeiro século da era cristã, que tem se tornado uma temeridade falar sobre igreja sem antes deixar claro sobre o que se está falando.


C

Quando algumas pessoas falam a palavra igreja nos programas de TV ou a escrevem em jornais, livros e blogs em suas mentes há a idéia de prédios, locais de reunião feitos de tijolo, argamassa, madeira e ferro.

Muitos daqueles que tem esse entendimento foram educados dentro do contexto católico romano, no qual os prédios foram sacralizados, de maneira que a santidade se transferiu das pessoas para os tijolos. Nesses lugares qualquer movimento pode ser pecado, qualquer palavra pode ser blasfêmia e nenhum pecador sairá impune se escorregar. São sombras do judaísmo seus templos e regras de adoração.

Os prédios em que nos reunimos não são o melhor de Deus. São apenas lugares de reunião. Em Jesus não existem mais templos feitos por mãos humanas onde Deus se apresenta, porque nós e que somos as pedras vivas da edificação que Ele está erguendo. Em Jesus não existe mais a Casa do Senhor, porque nós é que somos habitação do Espírito de Deus.

Quando nos reunimos dentro dessas paredes, nenhuma santidade se transfere aos tijolos. Tanto isso é verdade que o mesmo lugar que testemunha a adoração sincera em domingo, assiste as disputas e a falta de amor de um outro domingo. É preciso relembrar o que disse o apóstolo Paulo em seus discurso no areópago em Atenas “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24).

Se você é daqueles que tem apego à igreja de tijolo, peço que considere com singeleza de coração no que foi dito até agora. Não é dessa igreja que vamos falar. Os prédios e edificações que usamos muitas vezes são necessários, mas não são o melhor de Deus para este mundo.

D

Para outras pessoas a palavra igreja significa hierarquia de autoridades eclesiásticas. São pessoas que não se satisfazem com o conceito de tijo e argamassa, mas se sentem confortáveis quando olham para os líderes e a forma como eles se organizam e consideram esse sistema como se fosse a igreja.

Esse retorno ao sacerdotalismo tem feito grande estrago no meio do povo de Deus. Muitos que se chamam de evangélicos têm seguido por esse caminho e transformado homens mortais em semi-deuses. Por esse entedimento, pastores, bispos, apóstolos, pai-postolos e patriarcas são reconhecidos como a igreja; hierarquias pequenas ou grandes são vistas como se fossem a igreja; diretorias, presbitérios, diaconatos são tratados como se fossem a igreja.

Nada disso é de fato a igreja, meus irmãos. Algumas vezes é preciso organizar ações, projetos e eventos, mas cargos, títulos e hierarquias não passam de mera nomenclatura para aquiles que poderiam ser chamados tão somente de servos. Era assim no início: Paulo, servo de Jesus Cristo... Pedro, servo de Jesus... Tiago servo de Jesus... E se algum título precedia o nome daqueles homens era tão somente para descrever o serviço que eles executavam. Mas nunca para estabelecer uma organização para ser chamada de igreja.

Se em sua mente havia o entendimento de que igreja era essa hierarquia de títulos de nobreza, saiba que não é sobre isso que vamos falar. Os organogramas humanos não são o melhor de Deus para este mundo.

E

Ao ouvir a palavra igreja, algumas pessoas pensam com carinho em sua denominação religiosa, suas tradições e costumes denominacionais, em suas declarações de fé ou em seus princípios denominacionais. Foi assim que a igreja se tornou algo diferente para batistas, presbiterianos, assembleianos, metodistas, luteranos, anglicanos, wesleyanos e outros.

Essa diferença gera partidarismos e o partidarismo as disputas entre as denominações e dentro delas: reinos pessoais e pequenas oligarquias são erguidos; esquemas políticos são montados para garantir poder e permanência no poder; cargos são loteados entre os apoiadores; os amigos são acolhidos e os inimigos enxotados. Nada novo, mas altamente venenoso para a verdadeira igreja.

Nada disso deve ser chamado de igreja. A igreja de Jesus tem como marca o amor. Nela os maiores são aqueles que servem; nela os primeiros são aqueles que se colocam por último; o verdadeiros fortes são aqueles que sabem e reconhecem suas fraquezas.

Se você imaginava que hoje à noite iria ouvir sobr a exuberância de sua denominação e a importância dela para progresso do Reino de Deus, sinto desapontá-lo. Mas as denominações também não são o melhor de Deus para este mundo.

F

Então, vamos resumir algumas coisas que falamos até agora:

·       O prédio novo de reuniões não é melhor de Deus;
·       Um sítio para acampar não é o melhor de Deus;
·       O forro novo do salão não é o melhor de Deus;
·       O sistema de som de última geração não é o melhor de Deus;
·       Bancos alcochoados não são o melhor de Deus;
·       Um novo piso não é o melhor de Deus;
·       Eleger uma boa diretoria não é o melhor de Deus;
·       Organizar a escala dos diáconos não é melhor de Deus;
·       Preencher o organ. dos departamentos não é o melhor de Deus;
·       Formar uma equipe pastoral não é o melhor de Deus;
·       Uma Sociedade Feminina organizada não é o melhor de Deus;
·       Um bom programa de Missões não é o melhor de Deus;
·       Ter uma missão, visão e valores não é o melhor de Deus;
·       Receber o certific. de contribuição do plano coop. não é...
·       Sediar a reunião da ordem dos pastores não é o melhor de Deus;
·       Receber as autoridades denominac. não é o melhor de Deus.

F

Talvez, depois de ouvir tudo isso, você esteja um pouco confuso, mas não tenha medo. Eu espero sinceramente que você perca todas as suas falsas esperanças, desiluda-se com todo esse sistema de coisas e desfaça os enganos que seu coração para acolher em sua vida o real “melhor de Deus”.

Quero orar com você agora...

G

A palavra grega ekklesia era usada no primeiro século para denominar a principal assembleia popular da democracia ateniense, na Grécia antiga. Ekklesia significava pessoas reunidas.

Foi essa mesma palavra que Jesus usou quando disse que edificaria sua Igreja e as portas do inferno não resistiriam a ela (Mat. 16:18). Igreja são pessoas.

Gente amada profundamente por Deus. Gente pelos quais o Filho de Deus entregou-se como oferta e sacrifício, para que pudéssemos nos achegar a Deus confiadamente, como diz o escritor de Hebreus (Hebreus 4:16).
Pessoas. Gente que foi resgatada de uma maneira fútil de viver e pelo preciosos sangue de Jesus, morto como um cordeiro sem defeito e qualquer mácula (I Pedro 1:18). Isso é Igreja!

Pessoas. Gente que foi alcançada pela Graça salvadora, que recebeu o perdão, que antes não era povo, mas que agora é raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus (I Pedro 2:8,9). Isso é igreja!

Pessoas. Gente que antes vivia conform as inclinações de sua natureza pecador, conforme o modo de vida deste mundo, sendo guiada por principados e potestades espirituais, mas que foi libertada deste mundo tenebroso e agora vive guardada sob a graça de Deus, na esperança da plenitude dessa libertação (Efésios 2:1-10). Isso é igreja!

H

Agora sim, Pastor! Igreja: o melhor de Deus!

Não meu irmão! Não minha irmã! A igreja não é o melhor de Deus. Mesmo a igreja conforme planejou a trindade desde a eternidade não é o melhor de Deus. O melhor de Deus é Jesus!

Flp 2:5-11 ARA
(5)  Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, (6)  pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; (7)  antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, (8)  a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. (9)  Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, (10)  para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, (11)  e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.

Jesus é o melhor de Deus!

Col 1:13-20 ARA 
(13)  Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor,  (14)  no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.  (15)  Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;  (16)  pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele.  (17)  Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste.  (18)  Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia,  (19)  porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude  (20)  e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus.

Jesus é o melhor de Deus!

Heb 1:1-4 ARA 
(1)  Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas,  (2)  nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo.  (3)  Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas,  (4)  tendo-se tornado tão superior aos anjos quanto herdou mais excelente nome do que eles.

Jesus é o melhor de Deus!

Então o melhor de Deus não está por vir, como diz a canção...
O melhor de Deus já veio e virá novamente para buscar aqueles que o amam.

·       O melhor de Deus é o Cordeiro Santo que nos trouxe a paz;
·       O melhor de Deus é o Servo Sofredor que tomou sobre si nossas enfermidades;
·       O melhor de Deus é o Bom Pastor que deu sua vida pelas ovelhas.

I

E onde fica a igreja nessa história? Esse povo resgatado da morte pela vida de Cristo? Vamos voltar par ao texto de Colossenses:

Col 1:18-20 ARA 
(18)  Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia,  (19)  porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude  (20)  e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus.

Ele é a cabeça do corpo, que é a igreja.

Nós que somos igreja, somos os corpo vivo daquele que é o melhor de Deus para este mundo.

·       Nós que somos igreja, somos os braços que abraçam aqueles que sofrem;
·       Nós que somos igreja, somos a voz que consola os angustiados deste mundo;
·       Nós que somos igreja, somos os pés que caminham para amparar os esquecidos e maltratados desta vida;
·       Nós que somos igreja, somos os olhos que enxergam a dor dos ricos e pobres que carecem de paz em suas almas;
·       Nós, a igreja, somos os ouvidos que escutam o clamor daqueles que não mais suportam o sofrimento da vida;
·       Nós, a igreja, somos a boca que se abre para acalentar os oprimidos e denunciar os opressores;

Nós, a igreja, somos o corpo vivo de Cristo, que revela a este mundo aquele que é o melhor de Deus: Jesus, o próprio Deus feito gente, o Deus conosco, o Emanuel.

Com essas palavras, irmãos, somos desafiados a jogar fora todo o orgulho, toda a soberba, todo o pensamento altivo e encher nossas mentes com as mesmas idéias que tomaram conta de João Batista: que Ele cresça e que eu diminua.

Nós fracassaremos em nossa missão se apresentarmos a este mundo qualquer outra solução, qualquer outra resposta, qualquer outra pessoa que não seja CRISTO JESUS, O MELHOR DE DEUS. Foi para isso que fomos chamados.

Minha oração, quando termino essa reflexão, é um pedido a Deus para que os irmãos sejam fortalecidos no Senhor. Que a caminhada de vocês com Jesus seja repleta da vida que Nele. E que o Filho de Deus encontre em nós, sua igreja, seu corpo, o canal para que ele se torne o melhor de Deus para este mundo.

*Mensagem proferida no aniversário da PIB José Walter, em Fortaleza
Postar um comentário