23 agosto 2010

O Planeta Marta


38 Indo eles de caminho, entrou Jesus num povoado. E certa mulher, chamada Marta, hospedou-o na sua casa. 39 Tinha ela uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos. 40 Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços. Então, se aproximou de Jesus e disse: Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me. 41 Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. 42 Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada. Luc 10:38-42 

Quem eram Marta e Maria?

·        Eram irmãs;
·        Tinham um outro irmão chamado Lazáro;
·        Moravam em uma aldeia de nome Betânia;
·        Ambas eram muito amigas de Jesus;
·        É possível que Marta fosse viuva;
·        Provavelmente Maria era a mais nova;
·        Maria à Quedava-se, assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos;
·        Marta à Agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços;


Vivemos no planeta Marta o ou no planeta Maria?

·        Vídeo

Qual é o seu sobrenome: Marta ou Maria?

·        Microfone aberto

Uma das pessoas entrevistadas ao ser perguntada sobre o motivo de tanta correria dá um resposta curta e que quase foi cortada. Acho que a resposta daquele rapaz tem um chave que pode abrir uma série de entendimentos sobre o planeta Marta e sobre nós, os martianos que vivemos aqui cheios de agitação.

O sistema, o mundo

De que mundo aquele rapaz estava falando? A palavra mundo em nossa língua é usada para falar de muitas coisas diferentes.

1.       kosmos (kovsmo", 2889) – 152 vezes
2.       oikoumene (oijkoumevnh, 3625) – 15 vezes
3.       aion (aijwvn, 165) – 91 vezes

O mundo (aion) em que vivemos é regido por um sistema. Um conjunto de crenças, valores, modos de agir, entendimentos, convicções, visões, percepções... Esse sistema dá estrutura a vida como conhecemos e molda o nosso modo de viver.

Esse sistema é construído pelo mundo (oikoumene). Com nossas decisões diárias sobre quais sãos nossas convicções, valores, crenças e atitudes, vamos construímos o mesmo mundo (aion) que nos impõe um modo de vida.

Mat 20:25  Jesus os chamou e disse: "Vocês sabem que os governantes das nações as dominam, e as pessoas importantes exercem poder sobre elas.

Joã 9:2  Seus discípulos lhe perguntaram: "Mestre, quem pecou: este homem ou seus pais, para que ele nascesse cego? "

Mar 10:17  Quando Jesus ia saindo, um homem correu em sua direção, pôs-se de joelhos diante dele e lhe perguntou: "Bom mestre, que farei para herdar a vida eterna?

Mat 6:27  Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?

Quais são as convicções, os valores, as crenças vigentes neste mundo (aion) que o tem transformado no Planeta Marta?

1.     A acumulação como condição para a felicidade;

Se você acreditar que ter cada vez mais é o que o tornará feliz, então você dedicará sua vida à tarefa de construir seu patrimônio. Seu tempo sua energia e sua dedicação se voltarão para adquirir as coisas que o farão feliz. Mas, você se tornará alguém insatisfeito com o que tem e seu coração se encherá de ganância (o desejo de ter sempre mais).

Luc 12:15  Então lhes disse: "Cuidado! Fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens".

2.     O individualismo como forma de não relacionamento;
Se você acreditar que poderá encontrar sentido na vida olhando apenas para si e se preocupando apenas consigo mesmo. Seu mundo ficará menor, mas veloz e você viverá intensamente em função apenas de si mesmo. Você não terá tempo para amar as outras pessoas, porque estará entretido em amar a si mesmo.

Mar 12:30  Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força.
Mar 12:31  O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.

3.     O secularismo como expressão de sacralidade;
Se você acreditar que tudo o que importa se resume a esta vida. Se para você não existir algo transcendente, que ultrapasse essa vida para a eternidade, então você se tornará um devorador compulsivo desta vida. Você correrá atrás de qualquer coisa que possa lhe dar esperança aqui mesmo, como as ideologias (fascismo, comunismo, capitalismo, nacionalismo, cientificismo, ecologismo, academicismo, futebolismo, etc).

1Co 15:19  Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens.

4.     A estética é mais importante do que a ética
Se você acreditar que as aparências são mais importantes do que a verdade, você dedicará seu tempo e energias para preservar as aparência. Essa é uma tarefa árdua e desgastante que consome a vida e corroe a alma. Seus dias serão de eterna vigília para que a verdade não seja revelada. Certamente você não terá tempo para mais nada.

Mat 23:25  Ai de vocês, fariseus, e líderes religiosos - fingidos! Vocês são tão cuidadosos em limpar a parte de fora da taça, mas o interior está imundo de exploração dos outros e de cobiça.
Mat 23:26  Fariseus cegos! Limpem primeiro o interior da taça, e então ela inteira ficará limpa.

5.     O entendimento de que o dinheiro é a saída para quase todos os males;
Se você acreditar que o Dinheiro é capaz de resolver os seus problemas e encher o seu coração de paz e alegria, certamente você dedicará sua vida para obter e guardar dinheiro. Seus dias serão vividos com o propósito de tornar-se alguém que tem dinheiro suficiente para sentir-se em paz e realizado.

1Tm 6:9  Mas as pessoas que querem ser ricas, logo começam a fazer toda a espécie de coisas erradas para ganhar dinheiro, coisas que lhe causam dano e as tornam malvados, e finalmente as mandam para o próprio inferno.
1Tm 6:10  Pois o amor ao dinheiro é o primeiro passo em direção a todos os tipos de pecado. Algumas pessoas até voltaram as costas a Deus por causa do amor ao dinheiro e, como resultado, afligiram a si mesmas com muitos sofrimentos.

6.     A valorização do interesse próprio como base para tomada de decisões.
Se você acreditar que suas decisões devem ser tomadas com base exclusivamente nos seus interesses, você se tornará alguém veloz para decidir e insensível à dor das outras pessoas. Isso fará de você alguém com dificuldade de parar para ajudar. Você preferirá que a vida seja muito intensa, porque assim não haverá o perigo de considerar os interesses das outras pessoas.

Flp 2:4  Não pensem unicamente em seus próprios interesses, mas preocupem-se também com os outros e como que eles estão fazendo.

Quais eram as convicções de Marta?

·     Porque Marta estava inquieta? Porque ela estava agitada?
·     Quais eram as muitas coisas sobre as quais ela estava preocupada?
·     O que, para Marta, era mais importante do que ouvir as palavras de Jesus?
·     E você? Porque você está agitado de um lado para o outro? Quais os motivos da sua inquietação; sobre o que você está preocupado? Não seria melhor você parar um pouco e ouvir as palavras de Jesus?

41 Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. 42 Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada. Luc 10:38-42  
Postar um comentário